O Santuário di Vicoforte

2 de junho de 2019
Suzane Hammer

Localizado na Itália, o Santuário Regina Montis Regalis mais famoso pelo nome de Santuário di Vicoforte tem sua origem no início do ano de 1592, quando um jovem chamado Giulio Sargiano foi caçar e acidentalmente disparou contra um pequeno santuário localizado à beira de uma estrada.

O projétil atingiu um afresco com a imagem da Virgem Maria e do Menino Jesus. Diz a lenda que ao ver o estrago que causou, Sargiano se entristeceu e viu o sangue fluir da pintura. Arrependido, o caçador entregou sua arma de fogo e começou a recolher dinheiro para  fazer os reparos. Logo a notícia do santuário se espalhou e peregrinos começaram a chegar em grande numero e de locais distantes.

Após o ocorrido, um santuário foi construído no local, que fica próximo à cidade de Mondavi, na região de Piemonte, na Itália. A obra durou quase dois séculos, tendo início em 1596 e terminando em 1733.

O Santuário di Vicoforte possui uma das maiores cúpulas elípticas já construídas em todo o mundo. A pequena basílica mostra diferentes estilos arquitetônicos como renascentista e  barroco, repleto de cúpulas e campanários.

O Santuário tem apenas uma nave, e no seu interior ergue-se um pequeno templo de mármore que sustenta o pilar histórico com a imagem da Virgem Maria e do Menino Jesus, razão pela qual o local foi construído. Sua decoração é muito rica com suas janelas ovais, que permitem a entrada de luz externa, proporcionando um belíssimo efeito de iluminação.

VEJA também NO LPM!