8 cidades pouco conhecidas de Portugal que são verdadeiros tesouros!

5 de setembro de 2022
Euro Dicas

Portugal tem muitas cidades conhecidas e que são visitadas por turistas todos os anos. Mas hoje vamos fazer diferente e mostrar a você uma lista com cidades pouco conhecidas de Portugal. Veja se você já conhece alguma delas!

Tomar 

A cidade de Tomar, no Centro de Portugal, distrito de Santarém, guarda uma parte muito importante da história dos templários no território. O Castelo de Tomar foi construído no ano de 1160, mesmo ano em que a vila foi fundada.

Em um passeio pela cidade poderá conhecer muitos monumentos que contam a história dos templários. O Convento de Cristo, junto ao Castelo, foi inclusive declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO.

Convento de Cristo, em Tomar.

Além desses monumentos, a cidade também possui muitos outros pontos de interesse como a Mata Nacional dos Sete Montes, O Museu do Fósforo e a Sinagoga de Tomar. Para quem também prefere aproveitar outras atividades de lazer, saiba que a cidade de Tomar oferece opções de Turismo Rural e diversos restaurantes de comida típica local. 

Pia do Urso aldeia centro

A aldeia de Pia do Urso fica na região central de Portugal, localizada no Distrito de Leiria, Concelho da Batalha. Está a cerca de 7 quilômetros da cidade de Fátima, inserida no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.

Com características típicas de uma região de serra, as construções são feitas em pedras e madeira, e rodeadas de muita área verde, além de poços e lagoas. É o local ideal para quem gosta de ver belas paisagens, passear com tranquilidade e muito silêncio.

As casas da aldeia foram restauradas e no local também foi construído o Ecoparque Sensorial da Pia do Urso. O Ecoparque é um parque ecológico com inúmeras opções de experiências sensoriais que podem ser aproveitadas pelos visitantes durante o percurso do passeio.

Cerdeira 

Agora vamos falar de mais uma aldeia, a Aldeia de Cerdeira. Localizada na região de Lousã, a pouco mais de 35 quilômetros de Coimbra, a localidade é uma das aldeias de xisto do país, que recebe esse nome por serem locais onde o mineral existe em bastante quantidade (e Portugal possui 27 aldeias com essa denominação).

No final dos anos 80, a aldeia esteve completamente desabitada, até ser “redescoberta” e recuperada mais recentemente por iniciativa de Kerstin Thomas, uma artista que se apaixonou pelo local e, juntamente com amigos, iniciou o processo de recuperação da Aldeia.

Aldeia de Xisto de Cerdeira.

Além da beleza das casas, toda a região é propicia a passeios e momentos passados inteiramente junto à natureza, sendo uma opção ideal para quem é mais aventureiro ou quer passar um tempo totalmente imerso em calma e tranquilidade.

Hoje, a aldeia abriga o Cerdeira Home for Creativity, um projeto que dispõe de casas de aluguel totalmente recuperadas, com comodidades e espaços criativos. 

Mértola 

A cidade de Mértola fica localizada no distrito de Beja, em meio ao belíssimo Alentejo. A vila de casinhas brancas às margens do rio Guadiana é um encanto que vale a pena conhecer.

Assim como outras localidades dessa lista, Mértola é uma volta ao passado e um ótimo lugar para conhecer mais da história – inclusive a cidade abriga um Centro de Estudos Islâmicos. E é por isso que é também conhecida como Vila Museu.

Além dos passeios pelas ruas da vila e por seu Centro Histórico, alguns pontos de interesse de Mértola são a Igreja Matriz, o Castelo (que foi construído em 1292), a Muralha da Vila velha, O Museu de Mértola, a Torre do Relógio e as estruturas preservadas da Acrópole.

Monsaraz 

Monsaraz também fica localizada no Alentejo, mas pertence ao município de Reguengos de Monsaraz. É mais uma boa opção de lugar para conhecer, especialmente para aqueles que apreciam vilas medievais.

A paisagem da vila por si só já é encantadora, com suas casinhas brancas, os largos campos e o rio Guadiana (e da Barragem de Alqueva). Eu acho que as paisagens alentejanas são um capítulo à parte, concorda?!

Vista aérea da cidade de Monsaraz.

Embora seja um local que recebe turistas, ainda é menos conhecido do que outras cidades e vilas portuguesas. Mas, o que ver em Monsaraz? Você pode visitar o Castelo de Monsaraz (construído por volta do ano 1310), o Convento da Orada, a Igreja de Nossa Senhora da Lagoa. Por fim, não deixe de apreciar a vista da Torre de Menagem. Tire um tempinho especialmente para isso.

Se tiver tempo, conheça o Observatório Lago Alqueva, onde é possível fazer observações astronômicas no período da noite. Vá e veja o céu de Monsaraz!

Cacela Velha 

A região do Algarve é uma das mais visitadas por quem viaja para Portugal, mas escolhemos a aldeia de Cacela Velha, na cidade de Vila Real de Santo António, para esse ranking já que ela não é tão conhecida como outras localidades da região.

A aldeia ainda preserva algumas características de décadas atrás, quando a pesca era a principal atividade econômica local. Além disso, ela fica localizada em um ponto elevado (em uma falésia), com vista para a bela Ria Formosa.

Quando estiver na vila, não deixe de fazer um passeio sem pressa pelo Centro Histórico para apreciar as construções, e claro, vá até a Praia da Fábrica ver o mar cristalino. Afinal, você está no Algarve!

Para quem gosta de registros históricos, visite a Fortaleza dos Cavaleiros de Santiago de Cacela, o Bairro Islâmico e a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção. 

Se você está programando a sua viagem, aproveite e saiba quanto custa viajar para Portugal.

Sistelo 

A aldeia de Sistelo fica na cidade de Arcos de Valdevez, no norte do país, dentro do Parque Nacional da Peneda-Gerês. É uma pequena aldeia com menos de 300 habitantes e, por suas características, é conhecida como o “pequeno Tibet português” e já foi eleita uma das 7 maravilhas de Portugal.

Além das belezas naturais que compõem a paisagem inigualável, possui passadiços que permitem um passeio de imersão total na natureza. Por isso, a viagem a Sistelo também é recomendada especialmente para quem prefere passar um tempo imerso na natureza abundante.

Sistelo, o“pequeno Tibet português”.

Na aldeia também existem outros pontos de interesse para os visitantes, como o Palácio do Visconde de Sistelo, a Ponte Romana e o miradouro do Chã da Armada, de onde se pode apreciar toda a beleza de Sistelo.

Arouca 

A última cidade da lista também fica no norte de Portugal, na região metropolitana do Porto. A cidade oferece diversas atividades para quem gosta de se aventurar em meio à natureza.

Entre os passeios mais indicados, está uma caminhada pelos 8 quilômetros dos Passadiços do Paiva, que fica dentro do Arouca Geopark. As paisagens compensam cada quilômetro percorrido!

Outras boas ideias para quem vai passar mais tempo em Arouca são conhecer a Cascata da Frecha da Mizarela e a ponte 516 Arouca (que tem 516 metros e é a maior ponte pedonal suspensa do mundo). 

Uma dica extra: se tiver um tempinho a mais, programe um passeio até Drave e conheça a “aldeia mágica”, um paraíso desabitado. Mas saiba que também é preciso caminhar mais um bocadinho para encontrar esse tesouro escondido!

Não importa se você mora em Portugal ou se está viajando de férias, esperamos que goste dessas dicas! Por aqui você viu algumas indicações de passeios para estar em meio à natureza, fazendo esportes e se aventurando. Aproveite bastante e não esqueça de contratar um seguro viagem para estar bem protegido.

Autora: Tié Lenzi, do Euro Dicas.

VEJA também NO LPM!